quarta-feira, 25 de junho de 2014

Resenha: Maze Runner Correr ou Morrer - James Dashner

Resenha



Um tipo de livro que você começa a ler, se envolve com a leitura e fica com raiva porque o autor não explica o que acontece? Maze Runner.

O livro é bem complexo, o livro acontece da perspectiva de Thomas (o personagem principal), começando com ele dentro de uma caixa/elevador e ele está sendo transportado para um lugar que não conhece. Não tem lembrança da família ou amigos e nem de como ou por que foi parar dentro da caixa. A única coisa que Thomas consegue se lembrar é de seu primeiro nome.

Chegando ao seu local de destino ele se encontra em uma ampla área que se chama Clareira. A Clareira é o lugar para onde foram levados garotos entre 12 e 17 anos, não se é explicado o motivo pelo qual esses jovens foram levados para lá, só que todos (cerca de 70 rapazes) sofreram a mesma perca de memória e só se lembram de seu primeiro nome. 

A Clareira se é localizada em torno de um imenso labirinto, este labirinto possuem as paredes firmes e com a altura de uns 100 metros de altura. A única maneira de livrá-los de lá é resolvendo o grande enigma do labirinto. Mas resolver este enigma não é fácil, o Labirinto é populado durante a noite por criaturas chamadas "Verdugos", Verdugos são uns monstros mecânicos que possuem ferrões e garras. O que impede a entrada dos terríveis verdugos na Clareira é que ao anoitecer os portões que se localizam nos lados leste e oeste se fecham impedindo a passagem.
E para resolver este enigma são selecionados os mais havidos e experientes para ocuparem o cargo de "corredor", os corredores percorrem o Labirinto durante os dia estudando-o e encontrando um meio de resolver este enigma para os tirar de lá.

Thomas assim que chega faz uma amizade,  Chuck um menino de 12 anos que aparentava não ter nenhum amigo. E além de amizades tem sempre alguém não vai com a cara dele e quem assume este papel é Gally, um clareano (este é o nome dado aos habitantes da Clareira) veterano que não vai com a cara de Thomas e nem com alguns outros clareanos.

Logo depois de dois dias na Clareira chega uma nova pessoa pela Caixa (o que não é normal, pois o costume é apenas um garoto por mês), todos ficam realmente chocados, pois ao invés de um garoto chegou uma garota e com um bilhete que deixa todos encabulados.

E ai começa a história te envolver de uma maneira muito viciante, cada página te prende e o que você mais quer é respostas para estas diversas perguntas. Durante o livro acontecem inúmeras cenas de ação, e o leitor começa a se desesperar ao se aproximar do tão esperado final. O final do livro chega ser um tanto confuso mas surpreendente com os fatos ocorridos e com o começo de novas perguntas.

Quem curte muita ação e uma trama com um pouco de suspense vai adorar Maze Runner, o livro foi adaptado para os cinemas e tem a data de estréia para o dia 18 de setembro. Para você poder entender mais assista o trailer abaixo e surpreenda-se.


Autor: James Dashner



Autor também da série Jimmy Fincher e de The 13th Reality, e agora com seu novo livro O Jogo do Infinito.





Assista ao trailer The Maze Runner Correr ou Morrer Oficial - Legendado






quarta-feira, 21 de maio de 2014

Resenha: A Culpa é das Estrelas - John Green

Resenha 



Eu particularmente não gosto de histórias com o tema "romance", mas A Culpa é das estrelas foi um livro ótimo que me prendeu do começo ao fim, pois não é exatamente um romance, mas sim um livro adolescente que é narrado por uma adolescente.

A história é sobre a adolescente Hazel Grace, que sofre de câncer desde que foi diagnosticada aos 13 anos. E depois aos 16 após muita insistência de sua mãe, Hazel entra para um grupo de apoio para jovens portadores da doença, e em sua primeira reunião ela conhece o jovem Gus (Augustus Waters) e seu amigo Isaac.

Após criar uma grande amizade com Augustos e Isaac (e principalmente com Augustos) eles recebem a notícia de que Isaac terá que passar por uma cirurgia de remoção dos olhos assim se tornando SEC ( Sem evidência de câncer) e perdendo sua visão.

Durante o livro o autor narra as diversas aventuras de Hazel que são muito engraças (mesmo) e as decepções. Uma das boas aventuras é a ida a Amsterdã patrocinada por uma instituição que ajuda jovens com câncer concedendo-lhes um "último pedido" e como Hazel já desfrutou o seu em uma viajem para Walt Disney Word, Gus gasta o seu concedendo a Hazel uma ida a Amsterdã para conhecer o autor de seu livro favorito "Uma Aflição Imperial" escrito por Peter Van Houter.
O livro é muito bom e rende muitas lágrimas daqueles que são e dos que também não são sentimentais, e com um final que não há palavras para descrever.

Autor: John Green



terça-feira, 20 de maio de 2014

Resenha: Divergente - Veronica Roth


Resenha




Divergente é o tipo de livro que tem uma história emocionante e envolvente mas, também é o tipo de livro que somente se resolve nos últimos capítulos.

A história é baseada em uma Chicago futurista, em que a cidade é dividida em cinco facções Audácia os corajosos, Erudição os inteligentes, Abnegação os altruístas, Amizade os que mantém a paz acima de tudo e Franqueza aqueles que dizem a verdade acima de tudo. Cada pessoa ao atingir 16 anos tem o direito de escolher entre permanecer em sua facção de nascença ou ir para outra, sendo que, acontece realmente uma mudança, sua família, amigos, crenças e tudo o que você tinha será passado. 

Beatrice, a personagem principal nasceu na Abnegação e vive com seus pais e seu irmão Caleb, a facção que mais "sofre" pois devem aturar piadinhas como ser chamado de "caretas" pelas outras facções. E ao atingir a idade ela (como todos os jovens) faz um teste para mostrar para quais facções ela tem aptidão, e seu teste é frustrante pois ela não apresentou aptidão para apenas uma como o normal, e sim para três (Abnegação, Erudição e Audácia). Em seu teste a aplicadora (que se chama Tori) diz que os resultados foram inconclusivos e que ela é divergente.

Divergente são aqueles que apresentam aptidão para mais de uma facção e no caso de Tris é considerado mais sério pois quanto mais divergência, mais perigoso é considerada a pessoa, ou seja ela não pode ser controlada. E depois que Beatrice recebe todas essas informações ela é informada por Tori a manter sigilo só para si, e aguardar até o dia de sua escolha.

No dia de sua escolha, Bestrice escolhe a Audácia e seu irmão Caleb escolhe a Erudição ( o que seu pai não esperava) e sem ter tempo para despedidas ela é encaminhada para a Audácia, mas para chegar até a facção é necessário muita coragem pois os iniciados devem correr atrás de um trem e entrar dentro (com ele em movimento), e depois pular do trem ainda em movimento em cima de um edifício e neste edifício devem pular dentro de uma cratera escura e sem nenhum tipo de informação se haverá algo para os proteger. Tris surpreende a todos e a si mesmo pois é a primeira a pular e ao alcançar o solo ela cai em uma rede de proteção e é auxiliada por um rapaz chamado "Quatro". Quatro é um veterano da Audácia e é um dos responsáveis a avaliar os iniciados, caso os iniciados obtiverem uma baixa nota nas avaliações físicas e mentais, os que ficavam abaixo da pontuação eram obrigados a deixar a facção e se tornar um sem-facção (que recebem sempre apoio da Abnegação.)

No decorrer do livro acontece a transformação de Bearice em Tris, e toda a sua iniciação na Audácia. Depois de muita ação e uma história de tirar o fôlego, vem um final muito empolgante e que deixa o leitor sem fôlego e com uma tremenda ansiedade pela continuação da série.


Autora: Veronica Roth